sábado, 20 de setembro de 2008

.

"Se, depois de eu morrer, quiserem escrever a minha biografia,Não há nada mais simples.Tem só duas datas : a da minha nascença e a da minha morte.Entre uma e outra todos os dias são meus.(...)"



Alberto Caeiro

2 comentários:

Claudio/claudjinho/claudão disse...

+.+ É que é mesmo assim :P.
Os melhores momentos têm de ser gozados e guardados para nós próprios. Tal como eu guardo no meu coração todos os momentos em que estou contigo! =DDDD
Adoro-te <3

Maxwel Quintão disse...

ADOREI!!!