terça-feira, 30 de março de 2010

gostava de conseguir escrever a felicidade tal como a sinto

Quando queremos escrever a felicidade, nada é suficientemente bom.
É difícil passar para o papel as sensações complexas que assolam o nosso coração. As palavras teimam em não serem as certas, as que esperávamos. As frases parecem sempre incompletas, os textos vazios, sem sentidos. Parece que o nosso coração não deixa escapar o que está verdadeiramente a sentir.
Escrever a felicidade é das tarefas mais difíceis a que já me propus. Senão A mais difícil.
Felizmente, apesar de não a conseguir escrever, consigo senti-la.
Está aqui, bem dentro do meu coração. E, ou muito me engano, ou veio para ficar.
Seja bem vinda senhora dona Felicidade.

4 comentários:

Ana Rita disse...

a felicidade, é a melhor coisinha do Mundo. :D

Filipa disse...

parece que temos de por a conversa em dia! :D

Sara disse...

Não sei dizer-te o quanto me identifico com este texto. Disseste tudo o que eu sentia e não conseguia expressar.

Obrigada =')

Licas disse...

de nada riiii :D

fico feliz por isso acontecer ;)