segunda-feira, 31 de maio de 2010

t*

Gostava de conseguir traduzir-te em palavras toda a felicidade que sinto quando estou contigo.
De te mostrar as borboletas que sinto na barriga quando te vejo.
De te explicar o quanto o ritmo do meu coração acelera cada vez que sinto os teus lábios nos meus.
De te descrever o meu sorriso de cada vez que me dizes ao ouvido que me adoras.
De te provar o quanto tu me fazes feliz.

Mas a felicidade não se decifra, não se compreende. Vive-se.
E se eu digo que me fazes feliz é porque fazes mesmo. <3

3 comentários:

SofiaCosta disse...

Se calhar não é reciso dizeres nada. Há gestoa que valem mais que mil palavras!

:D

Bruna disse...

ai que liiiiiiiiiiindo, ADORO :')

Octávio Gabriel disse...

adoro-te namorada :)