terça-feira, 10 de agosto de 2010

#1 LETTER TO YOUR BEST FRIEND

Minha melhor amiga,
no dia em que eu leia algo que escrevi para ti e ache que é suficiente, serei uma pessoa completa. Por muito que eu te escreva, por muitas palavras bonitas que possa colocar a enfeitar o texto, nada substituirá aquilo que eu sinto por ti e por nós. A nossa amizade é tão bonita, tão forte, tão completa! Tão simples e tão complexa ao mesmo tempo!
Já não me imagino sem ti. E prova disso são as imensas saudades que tenho tuas quando está cada uma na sua faculdade.
Habituei-me, durante 3 anos, a ver todos os dias o teu sorriso, a contactar contigo diariamente e a ter-te ao meu lado a toda a hora. A entrada para a faculdade mudou isso. Não nos vemos diariamente, não falamos todos os dias e há muita coisa da tua e da minha rotina que nos passa ao lado. Porque dantes era a nossa rotina. Agora é a tua e a minha rotinas. Coisas distintas. Mas nem isso fez com que a nossa amizade se tornasse mais fraca, menos importante. Pelo contrário. Agarramo-nos com unhas e dentes a ela e mostramos a muita gente o que é ser As Melhores Amigas. Orgulho-me de ti. E acima de tudo orgulho-me de nós, da nossa amizade.

És das melhores pessoas que alguma vez posso vir a conhecer. Mudaste e marcaste a minha vida.
Obrigada por teres entrado nela e por nunca mais teres saído.

Amo-te. 
Para Sempre, minha MC.

2 comentários:

Maxwel Quintão disse...

Carta muito linda!
Adorei esta parte - "Tão simples e tão complexa ao mesmo tempo!" - porque as verdadeiras amizades são assim. simples por um lado e complexa por outro!

Hapi disse...

Obrigada, eu também gosto muito do teu.
É mesmo fácil, nós é que complicamos.

Beijinho