domingo, 26 de setembro de 2010

Oh Coração,

Imagem
Vá. Tira essas ideias da tua imaginação. Já. Estás à espera de quê? Mais vale agora, enquanto não sofres. Deixa de ser burro! Não te queiras iludir mais. É impossível. Completamente impossível!!!. Esquece. Nunca devias ter pensado nessa hipótese, sequer. Nem te atrevas a começar a pensar em sentimentos. Apaga essa ideia. JÁÁÁ. Não queres? É isso? Para já está a correr bem? Achas que vai ser sempre assim? Enganas-te. Nunca foi. Não é agora que vai ser. Mas pronto, faz lá o que tu quiseres. Acabas sempre por me ignorar e só dares ouvidos a ti próprio. Depois não digas que não te avisei.

Cabeça.

3 comentários:

LA disse...

é taaao fudido quando nao nos queremos apaixonar por alguem e acabamos por cair mesmo contra toda a nossa vontade :S como eu te entendo querida, como eu te entendo... forcinha e espero que corra tudo bem :')

beijinhooo *

Ana disse...

Já ha muito que nao me identificava tanto com alguma coisa que escrevesses! Faço minhas cada palvra, cada virgula, cada pausa. (in)felizmente.

*

Maxwel Quintão disse...

temos sempre tendência a apaixonar por quem não devemos!