quinta-feira, 10 de junho de 2010

Genial

"Há por aí tantas gajas nojentinhas. Quando dizemos "pila" à frente delas, elas ficam em estado de choque, a hiperventilar, completamente petrificadas. Parecem parvinhas.
"Ah e tal, que nojo. Eu nunca na minha vida vou fazer aquilo (elas não dizem a palavra sexo). Que nojo. Fogo"
Pá, vocês é que metem nojo.
Pila? Qual é o problema em dizer pila? O que é que os meninos têm? Um pirilau? Sei...
Sexo? Foi o que os vossos pais praticaram quando vos fizeram e acreditem que adormeceram muito bem dispostos. E se vocês não fossem tão estúpidas, também praticavam, pois revitaliza corpo e alma (?).
Estas gajas, deviam ser enrabadas a valer. Mal acabassem de dizer "Ai que nojo", PIMBA! Era onde calhasse. No Continente, no Pingo Doce, na igreja, na Galp, na segurança social... onde calhasse, até perderem aquele ar de virgens ofendidas.
Nojo?
Por favor...
VALHA-ME MINHA NOSSA SENHORA!
Estas gajas quando vêem um filme de guerra, onde há armas envolvidas e cabeças a rolar, acham um espectaculo, uma cena normalíssima. Mas quando vêem um filme onde há cenas de sexo (com bolinha vermelha no canto superior direito), mudam de canal. E sabem porquê?
Porque nos dias que correm, as armas são uma coisa natural, mas o sexo não! Estranho... "

3 comentários:

Licas disse...

eu acho genial a maneira como eles escrevem no blog. Sem tabus.
Opá, é a minha sincera opinião.

Hapi disse...

Eu participo nesse blog!
A Sara escreve mesmo bem :)

Licas disse...

Já reparei que participavas pelo teu perfil :)
gosto muito do blog!